© COLECTIVO84

Colectivo84 é uma estrutura subsidiada continuamente pelo Ministério da Cultura Direção Geral das Artes.

  • White Facebook Icon
  • White Vimeo Icon
  • White Instagram Icon

TEOREMA

2014
JOHN ROMÃO

A queda do sentido do sagrado na contemporaneidade inaugura a procura de uma nova relação com o real. Declarar um objecto como um enigma onde o sagrado está camuflado ou em iminente explosão, é chamar a atenção para o seu mistério e razão de ser. Seguindo os passos de Pier Paolo Pasolini, que exaltou o sentido popular do sagrado com figuras do povo, muitas vezes marginais do subproletariado urbano ou rural, hoje John Romão convida um grupo de 12 skaters a partilhar o palco consigo, hierofanizados por um amor pelo Real, assim o acordeonista Fábio Palma que toca ao longo da peça a sonata “Et exspecto” de Sofia Gubaidulina, uma das maiores compositoras contemporâneas vivas, criadora da “Música Pobre” (Grotowsky).

Teorema, a nova criação de John Romão, inspirada na obra homónima de Pasolini, é uma peça para 1 actor, 12 skaters e 1 acordeonista. Enigmática e sensorial, esta é uma peça visual e sonora onde o sagrado e o erótico irrompem.

 

Para exprimir-me completamente eu devo morrer. A minha morte então como sinal linguístico, como montagem do filme da minha vida, será o entendimento de toda a minha obra, será o vértice, o ponto a partir do qual se pode examinar e compreender. (Progetto di opere future, 1964, Pasolini)

Direcção e espaço cénico: John Romão

Com: John Romão, os skaters-performers Guilherme Moura e Wesley Barros e 10 skaters locais da cidade onde é apresentado o espectáculo

Acordeonista: Fábio Palma toca a sonata Et exspecto (1985) de Sofia Gubaidulina

Textos: Tiago Rodrigues e John Romão, a partir de Pier Paolo Pasolini

Desenho de luz: José Álvaro Correia

Música: Nicolai Sarbib

Espaço sonoro: Daniel Romero (.tape.)

Figurinos: João Pedro Vale e Nuno Alexandre Ferreira

Colaboração cenográfica: F. Ribeiro

Colaboração coreográfica: Elena Córdoba e Luigi Vescio

Assistência de direcção e produção: Solange Freitas

Assistência de luz e direcção técnica: Rui Monteiro

Co-produção: Colectivo84 (Lisboa), Konstanz Theatre (Constança), Rivoli Teatro Municipal (Porto), Centro Cultural Vila Flor (Guimarães), Festival Temps d'Images (Lisboa)

Residências artísticas: O Espaço do Tempo (Montemor-o-Novo) e Negócio/ZDB (Lisboa)

Apoios: ACE, ACCA Clara Andermat, Cão Danado, Casa da Música, Companhia Nacional de Bailado, Culturgest, Eira, Pro.Dança, Teatro Meridional

Projecto financiado pelo Ministério da Cultura - Direcção Geral das Artes

APRESENTAÇÕES

KONSTANZ THEATRE (KONSTANZ, DL)

SÃO LUIZ TEATRO MUNICIPAL / FESTIVAL TEMPS D'IMAGES (LISBOA, PT)

TEATRO MUNICIPAL DO PORTO - RIVOLI (PORTO, PT)

CENTRO CULTURAL VILA FLOR (GUIMARÃES, PT)

CINE-TEATRO CURVO SEMEDO / PT 15 (MONTEMOR-O-NOVO, PT)

TEASER