POCILGA

2015
JOHN ROMÃO

Tudo o que Pier Paolo Pasolini escreveu e filmou está ligado à dimensão do íntimo, à vida do corpo humano. O espectáculo Pocilga pretende homenagear um dos autores mais profícuos e controversos do nosso tempo, no ano em que se assinala os 40 anos da sua morte.

Em Pocilga corpos e porcos são objectos de uma mesma ocultação, de uma única depreciação. Pasolini faz um retrato metafórico que retrata a decadência da degradação humana, alastrada pela sociedade capitalista, retrato esse que destila a história de um homem cuja paixão é causa de escândalo. A sua Diversidade, o amor desviante, a sua monstruosidade, poderá equiparar-se ao massacre de milhares de corpos de uma Alemanha nazi? Sim, e é para isso que existem os pactos de silêncio: uma aliança política urge como o meio de silenciar "tudo o que não vive", ou seja, tudo o que não é visto aos olhos do outro.

O amor, o sagrado e o político são três das principais dimensões desenvolvidas neste espectáculo dirigido por John Romão, na estreia mundial em língua portuguesa de um dos maiores textos de Pasolini.

APRESENTAÇÕES

CENTRO CULTURAL DA GAFANHA DA NAZARÉ (GAFANHA DA NAZARÉ, PT)

TEATRO VIRIATO (VISEU, PT)

CENTRO DE ARTES DE OVAR (OVAR, PT)

TEATRO ACADÉMICO DE GIL VICENTE (COIMBRA, PT)

FESTIVAL TERRE DE PAROLES (NORMANDIA, FR)

Texto: Pier Paolo Pasolini

Tradução e encenação: John Romão

Com: Albano Jerónimo, Ana Bustorff, Cláudio da Silva, João Lagarto, Mariana Tengner Barros, Pedro Lacerda, Paulo Pinto/Miguel Loureiro, Guilherme Moura, Mickael de Oliveira, André Reis, Wesley Barros e figurantes

Música: Nicolai Sarbib

Espaço sonoro: João Bento

Desenho de luz: José Álvaro Correia

Cenografia: F. Ribeiro com John Romão

Figurinos: Carolina Queirós Machado

Apoio aos figurinos: Rita Lopes Alves

Assistência em digressão: Solange Freitas

Direcção técnica: Carlos Ramos

Produção: Stage One

Coprodução: Colectivo84 (Lisboa), Culturgest (Lisboa), Teatro Nacional São João (Porto), Teatro Viriato (Viseu), Teatro Virgínia (Torres Novas)

Coapresentação: TAGV (Coimbra)

Apoios: Bienal de Teatro de Veneza / Laboratrios Internacionais, Eira, Mala Voadora

Residência artística: O Espaço do Tempo

Espectáculo integrado na Rede Cinco Sentidos

Projecto financiado pelo Ministério da Cultura - Direcção Geral das Artes

TEASER

© COLECTIVO84

Colectivo84 é uma estrutura apoiada pelo Ministério da Cultura Direção Geral das Artes.

  • White Facebook Icon
  • White Vimeo Icon
  • White Instagram Icon